IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

sábado, 22 de abril de 2017

* ATITUDES DOS PAIS

* ATITUDES DOS PAIS

          
        Hoje diante das dificuldades existentes, faz-se necessária a contextualização política e econômica  da época em que vivemos, e um dos fatores é o desemprego . Diante disso questionamos como tratar a questão da quantidade e qualidade do convívio familar.
          Sabe-se que muitas mães expressam claramente o desejo de dispor de tempo para se dedicar as suas famílias. E que a falta de perspectiva em transformações levam à ansiedade e frustação a respeito do futuro.

       ATITUDES DOS PAIS

        A família influi sobretudo através das atitudes dos pais.

        Atitudes que não favorecem aos filhos
  • Pais que não sabem nada dos filhos e mal lhes dedicam tempo.
  • Pais autoritários, severos e exigentes.
  • Pais superprotetores.
  • Pais indiferentes para com os filhos. 
      Essas atitudes contribuem que os filhos se tornem impulsivos, agressivos e incapazes de enfrentar situações próprias da sua idade e essas crianças dificilmente se adaptam à vida em sociedade e se tornam crianças tristes, pouco cordiais, que fogem das situações de convivência.

     Atitudes que favorecem aos filhos
  • Bom convívio familiar.
  • Relações harmônicas e satisfatórias entre pais e filhos.
  • Amor, compreensão e carinho com os filhos.
      Tanto o pai como a mãe são responsáveis pela família.

      Algumas décadas atrás as idéias que passavam pela frente dos filhos eram mais controladas como: na família, na escola e com os amigos.Hoje, as idéias que podem chegar, tem outros meios para fazê-lo como: a televisão, os filmes e os anúncios.
      Hoje em dia a influência externa é mais forte. Os pais ficam mais tempo fora de casa devido as necessidades familiar e com isso controlam menos essas influências. O tempo que estão com os filhos deve ser bem proveitoso, havendo dialogo, carinho, atenção e bons conselhos, educando assim para o futuro, e isso exige dos pais preparação e saber o que convém fazer em cada idade e em cada momento dos seus filhos.

       
        RESPEITANDO CADA FASE DA CRIANÇA
      
      Desde que nascemos, estamos sempre aprendendo. A cada dia, uma novidade. Ao ajudar as crianças, lembre-se de que é preciso respeitar a fase de aprendizado delas, para não exigir demais nem de menos.


      CONVERSE E BRINQUE COM ELAS

      Pais arrumem tempo para seus filhos. 
     Conversar, brincar, fazer coisas do dia a dia junto com as crianças são formas de demonstrar atenção e carinho. Isso pode ajudá-las a se sentirem mais seguras e a aprenderem mais e melhor. Responda às suas perguntas, ouça suas histórias, conte casos da família. Conversem muito sobre o seu trabalho, sobre coisas que aconteceram durante o dia, que viram na TV ou outros tantos assuntos. Ensine-lhes canções, poemas ou brincadeiras que você aprendeu em sua infância.

http://cleidespedagoga.blogspot.com.br/2010/09/dificuldades-e-atitudes-dos-pais.html