IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

sábado, 2 de julho de 2016

Chevrolet S10: por dentro das novidades em sua linha 2017


Lançada há quatro anos, a Chevrolet S10 evolui para brigar com as novas rivais, mais notavelmente Toyota Hilux e Ford Ranger. O estilo da linha 2017 da picape da GM segue os traços de sua irmã gêmea tailandesa, a Colorado: faróis com feixes de LED, grade frontal alargada, para-choque com novas molduras, novas rodas (de 18 polegadas para as versões LTZ e High Country) e maçaneta da caçamba redesenhada. As luzes de LED nas lanternas passam a ser exclusivas da versão topo-de-linha, que também traz estribos laterais, emblemas exclusivos e santantônio na cor da carroceria.




Internamente, as mudanças foram abrangentes, com a inclusão de equipamentos e melhorias de acabamento. O painel possui sua parte frontal forrada em material macio ao toque, que acompanha a tonalidade dos bancos de couro. Na versão LTZ, estão disponíveis: ar-condicionado digital de uma zona, direção elétrica com ajuste de altura, computador de bordo, apoio de braço frontal com porta-objetos, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, espelho interno eletrocrômico, vidros/travas/retrovisores elétricos, tomadas de 12 Volts, chave com partida remota do motor, bancos de couro, airbags frontais e freios ABS com EBD.




A High Country conta adicionalmente com regulagem elétrica do banco do motorista, revestimentos "Brownstone", descansa-braço traseiro, detalhes em preto-brilhante (no console central e no volante), além de insertos que identificam a versão nas portas dianteiras. 




A segunda geração da central multimídia MyLink vem com tela sensível ao toque de 8 polegadas, serviço de concierge OnStar, espelhamento da tela de smartphones compatíveis com Android Auto e Apple CarPlay, GPS (com informações do trânsito em tempo real em algumas regiões), Bluetooth para telefone e streaming de áudio, entradas USB e auxiliar, comandos no volante, entre outros recursos. Na High Country, há câmera de ré, 5 alto-falantes e 2 tweeters, mas o leitor de CD/DVD foi suprimido.




O quadro de instrumentos é semelhante ao dos Chevrolet da linhagem norte-americana, abandonando as cúpulas que circundavam conta-giros e velocímetro, o que liberou espaço para a tela mais horizontal do quadro de instrumentos. Uma das novidades é o alerta de colisão frontal: caso a distância entre o veículo da frente esteja menor que o programado, entram em ação os avisos sonoros e visuais (luzes projetadas no para-brisa) para exigir a intervenção do condutor. A tela também mostra pressão dos pneus e gráficos do sensor de estacionamento (frontal e traseiro), entre outras informações.




As unidades fotografadas contam com o mesmo conjunto mecânico: motor 2.8 Turbodiesel CTDI de 200 cavalos a 3600 rpm e 51,0 kgfm de torque a 2000 rpm, aliado ao câmbio automático de 6 marchas e à tração 4x4. A picape vai de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos e chega a 180 km/h, segundo a GM. Já em termos de consumo, alcança 8,7 km/l na cidade e 11,3 km/l na estrada, de acordo com dados do Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro. O tanque de combustível tem capacidade de 76 litros, e a capacidade de carga é de até 1049 quilos.


A versão LTZ dispõe ainda do motor 2.5 Ecotec Flex de 206 cv, com tração integral e câmbio manual.




Com garantia de 3 anos, a versão High Country custa R$ 167.490 (mesmo valor da linha anterior) e está dsponível nas opções de cores Vermelho Chili (metálica, sem custo adicional), Branco Summit (sólida, R$ 700), Azul Blue Eyes, Preto Ouro Negro e Cinza Graphite (metálicas, por R$ 1650 adicionais). Já a LTZ 2.8 das imagens tem preço de tabela de R$ 160.390.




Detalhes da versão High Country


http://www.autorealidade.com.br/2016/06/chevrolet-s10-por-dentro-das-novidades.html