IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

sábado, 2 de julho de 2016

5 dicas para deixar de fumar...


A decisão de largar o tabaco é uma das mais difíceis de tomar, certo? Então, para te ajudar nessa missão, listamos 5 dicas para deixar de fumar, que prometem motivá-lo a cumprir o desafio. Confira!

Largar o tabaco é mais do que um desafio para muitas pessoas. E os benefícios de superá-lo são inegáveis. Saiba o que realmente funciona para facilitar esse processo!

1. Água gelada ajuda!
Não se sabe exatamente a razão, mas beber água gelada ajuda o fumante a se segurar naqueles momentos em que a vontade aparece e não passa mais. E a dica vale também para os cubos de gelo. Nessa situação, chupá-los pode ser uma alternativa. A hipótese é que há uma espécie de prazer local quando o cigarro está na boca, e a água gelada seria um bom substituto.

2. Coma mais em pequenas porções
Fumantes são mais ansiosos e podem descontar a ausência do cigarro em outro vício: a comida. Assim, ex-fumantes costumam ganhar em média, dois quilos nas primeiras semanas de “tratamento”. Parar de fumar melhora o paladar, outro motivo para ter mais prazer ao comer. Para que a comilança não vire um problema, fracione a comida em pequenas refeições com menos alimentos em cada uma delas. E faça seis refeições ao dia: café e lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

3. Escovar os dentes é uma saída
O gosto da comida na boca, logo após cada refeição, é considerado um dos gatilhos que fazem muita gente querer sair para fumar um cigarro. Sendo assim, é indicado escovar os dentes assim que levantar da mesa. Com a boca limpa, há ainda uma maior preguiça de fumar e ter que escovar os dentes novamente. Essa estratégia acaba sendo um estímulo a mais para que o cigarro fique de lado.

4. Mantenha-se motivado
Nenhuma alternativa dará certo se a pessoa realmente não quiser parar. Por isso, vale a pena lembrar os motivos que o fizeram querer desistir. Você sabia, por exemplo, que o fumante possui risco dez vezes maior de ter câncer de pulmão, cinco vezes maior de enfartar ou apresentar bronquite crônica e enfisema pulmonar, e duas vezes maior de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC)? Vale a pena refletir sobre isso quando a vontade aparecer.

5. Pratique atividades físicas
Já se sabe que o cigarro está associado a um momento de prazer. Podemos tentar mudar esse momento com outras atividades que tenham o mesmo fim. No caso da atividade física, há a liberação de endorfina e de outros neurotransmissores vinculados ao bem-estar. Outro ponto é que a abstinência de cigarro leva a uma maior ingestão calórica. Suar a camisa na academia seria uma forma de prevenir o ganho de peso.

Fonte: http://revistavivasaude.uol.com.br/clinica-geral/5-dicas-para-deixar-de-fumar/6247/ - Por Leonardo Valle | Colaborou Letícia Ronche | Fontes Alexandre Kawassaki, Pneumologista do Hospital 9 de Julho (SP) | Foto Shutterstock | Adaptação Kelly Miyazzato.