IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

domingo, 25 de outubro de 2015

Grêmio e Vasco ficam no 0 a 0 no Maracanã. Jogo foi movimentado, mas ataques não conseguiram superar as boas atuações dos goleiros


Grêmio e Vasco ficam no 0 a 0 no Maracanã


Jogo foi movimentado, mas ataques não conseguiram superar as boas atuações dos goleiros 

Grêmio e Vasco da Gama fizeram um jogo movimentado, mas não saíram do 0 a 0 no Maracanã em confronto válido pela 32ª rodada do Brasileirão na tarde deste domingo. Marcelo Grohe e Martín Silva foram os grandes destaques da partida em dia que os atacantes ficaram devendo e o Tricolor voltou a não atuar bem. 

Com o empate, o Grêmio vai a 56 pontos e segue tranquilo na zona de classificação para a Libertadores do próximo ano – a vantagem para o quinto, o São Paulo, é de seis pontos. O resultado mantém o Vasco na lanterna, com os mesmos 30 do Joinville, mas atrás no saldo de gols. 

O Tricolor volta a campo no próximo domingo, às 17h, quando recebe o Flamengo na Arena. No mesmo dia, mas às 18h, o Vasco encara o clássico com o Fluminense no Maracanã. 

O jogo 

Durante a semana, o lateral Madson disse que o técnico Jorginho havia estudado e encontrado um ponto a ser explorado na defesa do Grêmio. Embora não tenha revelado qual era esse ponto, os primeiros minutos da partida no Maracanã mostraram que a estratégia do Vasco era explorar o lado esquerdo gremista para tentar a vitória. 

Logo no primeiro lance da partida, o Vasco já começou a atacar pelo lado direito de seu ataque. Com a velocidade de Madson e Julio dos Santos e Nenê aparecendo para ajudar, Marcelo Oliveira teve muitos problemas na marcação. Na tentativa de ajudar o lateral-esquerdo, Pedro Rocha apareceu pouco no ataque no primeiro tempo, o que também influenciou no baixo rendimento ofensivo do Grêmio na primeira parte do jogo. 

Com Pedro Rocha mais preocupado em marcar e Douglas em tarde ruim, a bola pouco chegou a Bobô no primeiro tempo. O centroavante teve apenas uma chance para marcar na primeira etapa. Aos 17, ele recebeu passe de Giuliano, avançou, mas o goleiro Martín Silva foi bem na saída nos pés do jogador gremista para fazer a defesa. 

Com o domínio territorial da partida, o Vasco também comandou as ações ofensivas na primeira etapa, principalmente com o Nenê. O camisa 10 teve a melhor chance para marcar aos 40 minutos, quando, em cobrança de falta, acertou o travessão. O meia ainda teve mais duas oportunidades em chutes de fora da área, mas em ambas Marcelo Grohe apareceu para fazer as defesas. 

O Vasco ainda teve mais duas chances claras no primeiro tempo, com Leandrão e Rodrigo. O centroavante finalizou de primeira após passe de Nenê, mas o desvio em Rafael Thyere mandou a bola por cima. Já o zagueiro apareceu na cara de Grohe após jogada de contra-ataque, mas exagerou na força e mandou para fora. Mesmo com as melhores chances do Vasco, o Grêmio conseguiu ir para o intervalo com o placar igualado sem gols. 

Na volta para o segundo tempo, o técnico Roger Machado disse que o Grêmio precisava ter mais paciência para não oferecer o contra-ataque ao Vasco. Apesar disso, foi exatamente em uma jogada de contra-ataque que Nenê quase abriu o placar aos 4 minutos. O camisa 10 recebeu passe de peito de Leandrão e finalizou já na entrada da pequena área, mas Grohe pulou no canto para fazer uma grande defesa. 

O Grêmio não demorou para responder. Aos 7, Giuliano recebeu cruzamento da esquerda e mandou de primeira no canto e só não fez o gol porque Martín Silva fez uma grande defesa. 

Com o cronômetro chegando aos 20 minutos, os dois técnicos começaram a mexer no time. Primeiro, Jorginho botou Rodriguinho no lugar de Júlio dos Santos enquanto Roger respondeu com Éverton na vaga de Bobô. 

E Éverton tem uma grande chance para marcar logo após sua entrada em campo. Em erro na linha de impedimento da defesa do Vasco, ele e Pedro Rocha apareceram livres após cruzamento de Douglas, mas se atrapalharam e a bola ficou com o goleiro Martin Silva. Era até então a melhor chance do Grêmio no jogo. 

O Vasco foi mostrando cansaço e o Grêmio se aproveitou. Aos 26, Giuliano fez jogada individual pelo lado direito e bateu para mais uma defesa de Martin Silva. Vendo a queda de seu time, Jorginho tirou o centroavante Leandrão para entrada de Rafael Silva aos 28. No Grêmio, Roger foi obrigado a mexer aos 29 quando Maicon sentiu lesão. Moisés entrou no meio-campo do Grêmio. Aos 33, Douglas, cansado, saiu para entrada de Fernandinho. 

As mudanças de Roger quase deram resultado no final da partida. Aos 42, Éverton fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Fernandinho, que teve que virar o corpo para cabecear e mandou por cima com o gol já vazio. E terminou assim: Vasco 0 x 0 Grêmio. 

Brasileirão 2015 - 32ª Rodada 

Vasco (0) 
Martín Silva; Madson, Rodrigo, Luan e Júlio César; Bruno Gallo, Julio dos Santos (Rodriguinho), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Renato Kayser) e Leandrão (Rafael Silva). Técnico: Jorginho. 

Grêmio (0) 
Marcelo Grohe; Galhardo, Rafael Thyere, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon (Moisés), Giuliano, Douglas (Fernandinho) e Pedro Rocha; Bobô (Éverton). Técnico: Roger Machado. 

Cartões amarelos: Walace, Fernandinho (GRE) 

Árbitro: Marcelo de Souza. 
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo C. Van Gasse (SP) 

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) 


Fonte: CORREIO DO POVO