IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

terça-feira, 18 de julho de 2017

Curiosidade: Ovo de codorna é afrodisíaco?

Curiosidade: Ovo de codorna é afrodisíaco?

"Eu tô madurão / Passei da flor da idade / Mas ainda tenho / Alguma mocidade / Vou cuidar de mim / Pra não acontecer / Vou comprar ovo de codorna pra comer... Eu quero ovo de codorna pra comer / O meu problema ele tem que resolver..."

Imortalizados pelo rei do baião Luiz Gonzaga, mas criados pelo compositor Severino Ramos em 1971, esses versos são - até onde se sabe - o primeiro registro da crença no poder milagroso do ovinho para levantar o moral masculino. De onde o bom Severino tirou sua inspiração é um mistério até agora insolúvel: durante mais de um mês, Mundo Estranho tentou desvendar seu paradeiro e não conseguimos descobrir nem se ele está vivo.

Os folcloristas consultados também não têm a menor idéia de onde veio essa crença popular. Mas boas pistas podem ser encontradas em algumas características dessa pequenina ave doméstica. A codorna é bastante precoce - atinge a maturidade sexual com 40 dias de vida - e sua produção de ovos é muito mais abundante que a de outras aves. Por esse motivo, e também pela facilidade de armazenamento (são ovinhos bem pequenos, afinal), ela foi a principal fonte de alimentação vietnamita durante a guerra contra os Estados Unidos.

Na peneira científica, porém, essa lenda não passou. "Não há estudo que comprove a eficiência do ovo de codorna como alternativa natural ao Viagra", diz o urologista Joaquim de Almeida Claro, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Já seu colega Celso Gromatsky, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, afirma que "a ereção depende do relaxamento da musculatura dos corpos cavernosos do pênis. Uma segunda ereção, depois do orgasmo, só ocorre após um período de latência e não há comprovação de que um alimento possa diminuir esse período. Talvez o ovo de codorna esteja associado à virilidade por seu formato, que lembra o testículo". 

Seja como for, trata-se de um alimento riquíssimo. Além da fácil digestão, contém minerais fundamentais para o organismo (ferro, manganês, cobre, fósforo e cálcio) e uma impressionante bateria de vitaminas (A, B1 e B2, C, D, H, E, fator PP, ácido pantotênico e piridoxina).

Com tudo isso, equivale a 100 gramas de leite em calorias, proteínas e vitaminas - além de possuir um conteúdo maior de ferro. Com tantas qualidades, certamente acaba dando vigor ao desempenho humano em qualquer atividade. Pena o Severino não poder dar seu testemunho pessoal!

Fonte: Mundo Estranho