IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Trabalhar com situações-problemas


As situações-problemas devem permitir aos alunos elaborarem diferentes procedimentos, proporcionando desafios que os motivem a superarem seus resultados.
Dar oportunidade aos educandos de explorar diferentes possibilidades de resolver um problema é fundamental para conseguirem criar seus próprios elementos de registro, inventar uma maneira apropriada de fazer a representação.
Esse processo de tentar encontrar uma maneira mais prática de representação é decisivo para a construção das representações da linguagem matemática. Isso deve ser realizado com a socialização das situações em que as crianças podem defender seus procedimentos e resultados perante o grupo.
Os alunos terão oportunidade de comparar sua forma de resolver um problema com a usada pelos colegas, o que propicia o desenvolvimento de diversas habilidades: encontrar uma solução para um problema, representar essa solução de maneira clara, interpretar as representações feitas pelos colegas e selecionar as formas mais eficientes de cálculo e de comunicação do que foi calculado. 

Veja o exemplo do problema a seguir aplicado em uma classe de 2º ano:

Na bandeja da Cida cabem 40 doces. Ela tem apenas 24 doces. Quantos doces Cida precisa fazer para completar a bandeja?

Alguns alunos fizeram assim:

40 -
24
---
16
Cida precisa fazer 16 doces.

Um dos alunos resolveu assim:

24 +
16
----
40
Ela tem que fazer mais 16 doces.

Outros fizeram o registro com desenhos, bolinhas, palitinhos e chegaram na solução do problema.

Perceber que cada um pode resolver um problema usando seus próprios recursos de cálculo é descobrir que não há um caminho único para encontrar a solução do problema.

http://diariodaprofaglauce.blogspot.com.br/2016/05/trabalhar-com-situacoes-problemas.html