IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

sábado, 17 de setembro de 2016

OS CLIMAS DO PLANETA

OS CLIMAS DO PLANETA

OS CLIMAS DO PLANETA

TEMPO É O ESTADO MOMENTÂNEO DA ATMOSFERA DE UM DETERMINADO LUGAR.CLIMA É O ESTADO DURADOURO DA ATMOSFERA DE UM DETERMINADO LUGAR. A PRINCIPAL DIFERENÇA ENTRE OS DOIS CONCEITOS: O CLIMA NÃO COSTUMA MUDAR (EM UM PERÍODO DE 35 ANOS), POIS É UMA SUCESSÃO DE ESTADOS DO TEMPO, ENQUANTO O TEMPO MUDA CONSTANTEMENTE DURANTE O DIA. MUITAS VEZES, HÁ CONFUSÕES ENTRE CONCEITO DE TEMPO ATMOSFÉRICO E O DE CLIMA. APESAR DE RELACIONAREM, ESSES CONCEITOS NÃO SÃO SINÔNIMOS.
O CLIMA DE UM LUGAR NA TERRA DEPENDE DA INTERAÇÃO DE FATORES E ELEMENTOS. OS ELEMENTOS CLIMÁTICOS COSTUMA MUDAR CONSTANTEMENTE, ENQUANTO OS FATORES CLIMÁTICOS COSTUMAM SE TORNAR PERMANENTES NO MÍNIMO POR UM PERÍODO DE 35 ANOS.

§   CLIMAS DAS LATITUDES BAIXAS: INFLUENCIADOS POR MASSAS DE AR QUENTES;
§   CLIMAS DAS LATITUDES MÉDIAS: INFLUENCIADOS POR MASSAS DE AR TROPICAIS;
§   CLIMAS DAS LATITUDES ALTAS: INFLUENCIADOS POR MASSAS DE AR POLARES;

ELEMENTOS CLIMÁTICOS SÃO ELEMENTOS NATURAIS QUE FORMAM O CLIMA DE UM LUGAR
Ø  VENTOS;
Ø  PRESSÃO ATMOSFÉRICA
Ø  ATMOSFÉRICA;
Ø  CHUVAS (PRECIPITAÇÕES);
Ø  TEMPERATURA;
Ø  UMIDADE DO AR.

FATORES DO CLIMA SÃO OS FATORES QUE INTERFEREM OU MODIFICAM O CLIMA DE UM LUGAR.
1.         ALTITUDE;
2.         PRESENÇA DE CIDADES OU VEGETAÇÃO;
3.         CORRENTES MARÍTIMAS;
4.         AS MASSAS DE AR 
5.         MARITIMIDADE OU CONTINENTALIDADE;
6.         LATITUDE;
7.         O RELEVO;

ALTITUDE A ALTITUDE É A DISTÂNCIA EM METROS DE UM DETERMINADO LUGAR DA SUPERFÍCIE TERRESTRE EM RELAÇÃO AO NÍVEL DO MAR. NESTE CASO, O PONTO DE MAIOR ALTITUDE DO PLANETA É O MONTE EVEREST NA ÁSIA COM 8.850 M.
Q  QUANTO MAIOR A ALTITUDE MENOR A TEMPERATURA DO AR.

LATITUDE QUANTO MAIOR A LATITUDE, MENOR A TEMPERATURA. QUANTO MENOR A LATITUDE, MAIOR A TEMPERATURA.
Q  À MEDIDA QUE SE AFASTA DA ZONA TROPICAL A TEMPERATURA DIMINUI. A SUÉCIA 59º N DE LATITUDE. À MEDIDA QUE SE APROXIMA DA ZONA TROPICAL A TEMPERATURA AUMENTA. O CEARÁ 5º DE LATITUDE N.

CONTINENTALIDADE OU MARITIMIDADE: QUANTO MAIS NO INTERIOR DO CONTINENTE, MAIOR SERÁ A TEMPERATURA; QUANTO MAIS PRÓXIMO DO OCEANO, MENOR A TEMPERATURA.
Q  A MAIOR OU MENOR PROXIMIDADE DE GRANDES QUANTIDADES DE ÁGUA EXERCE FORTE INFLUÊNCIA NÃO SÓ NO COMPORTAMENTO DA UMIDADE RELATIVA DO AR, MAS TAMBÉM NO COMPORTAMENTO DA TEMPERATURA.

CORRENTES MARÍTIMAS – MASSAS DE ÁGUA QUE SE LOCOMOVEM DENTRO DOS MARES E OCEANOS, ORIGINADAS PELA ROTAÇÃO DA TERRA E PODEM SER FRIAS OU QUENTES.
Q  AS CORRENTES QUENTES AQUECEM O LITORAL, LEVANDO À EVAPORAÇÃO E CHUVAS POR ONDE PASSAM; AS FRIAS FAZEM COM QUE A EVAPORAÇÃO DIMINUA E CRIAM LUGARES DESÉRTICOS, SEM CHUVAS.

RELEVO INFLUI NA TEMPERATURA E NA UMIDADE DO AR, AO FACILITAR OU DIFICULTAR A CIRCULAÇÃO DE
MASSAS DE AR.

MASSAS DE AR – GIGANTESCAS BOLHAS DE AR, QUE CARREGAM UMIDADE, FRIO OU CALOR PARA AS ÁREAS ODE SE DIRIGEM. DEPENDENDO DA ORIGEM, PODEM SER: FRIAS E ÚMIDAS, FRIAS E SECAS, QUENTES E ÚMIDAS, QUENTES E SECAS, CONTINENTAIS OU POLARES E CARREGAM COM SIGO AS CARACTERÍSTICAS E PROPRIEDADES DE ONDE SE ORIGINAM.

        SE A ORIGEM FOR DA ZONA POLAR ÁRTICA (OCEANO GLACIAL ÁRTICO), AS MASSAS DE AR CARREGAM UMIDADE E FRIO.
          SE A ORIGEM FOR DA ZONA TROPICAL OU DO CONTINENTE, AS MASSAS DE AR CARREGAM CALOR E POUCA UMIDADE.
          QUANDO MASSAS DE AR SE FORMAM SOBRE UM OCEANO, SÃO MAIS ÚMIDAS DO QUE AS QUE SE FORMAM SOBRE O CONTINENTE.

MASSA DE AR EQUATORIAL
A) EQUATORIAL MARÍTIMA
B) EQUATORIAL CONTINENTAL

Û  AMBAS SÃO QUENTES E ÚMIDAS, POIS SE ORIGINAM EM ÁREAS DE BAIXA PRESSÃO.

MASSA DE AR TROPICAL
A) TROPICAL MARÍTIMA: É QUENTE E ÚMIDA, POIS SE FORMA NO OCEANO.
B) TROPICAL CONTINENTAL: É QUENTE E SECA, POIS SE FORMA NO CONTINENTE.

MASSA DE AR POLAR
A) POLAR MARÍTIMA: SE FORMA NOS OCEANOS EM LATITUDE SUPERIOR A 50º. É FRIA, ÚMIDA E INSTÁVEL.
B) POLAR CONTINENTAL: É FRIA, SECA E ESTÁVEL.

EM SEUS DESLOCAMENTOS, AS MASSAS DE AR ENCONTRAM OUTRAS, COM CARACTERÍSTICAS DIFERENTES. NO ENCONTRO DE UMA MASSA DE AR FRIO COM UMA MASSA DE AR QUENTE FORMA-SE UMA FRENTE FRIA.


TIPOS DE CLIMA

CLIMA TROPICAL – PREDOMINA NAS REGIÕES LOCALIZADAS ENTRE OS TRÓPICOS DE CÂNCER E DE CAPRICÓRNIO. É CONSIDERADO COMO TRANSIÇÃO ENTRE O CLIMA EQUATORIAL E O DESÉRTICO. APRESENTA TEMPERATURA ELEVADA O ANO INTEIRO. 

Û  É INFLUENCIADO PELAS MASSAS DE AR TROPICAIS QUE SÃO QUENTE E SECA NOS CONTINENTES E QUENTE E ÚMIDO NOS OCEANOS;
Û  APRESENTA 2 ESTAÇÕES DO ANO BEM DEFINIDAS: VERÃO (CHUVOSO) E INVERNO (SECO)
Û  O ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO VARIA ENTRE 1000 E 2000 E A MEDIA TÉRMICA ANUAL EM TORNO DE 20ºC;
Û  OCORRE NA MAIOR PARTE DA ÁFRICA, AMÉRICA DO SUL E SUDESTE DA ÁSIA.

CLIMA TROPICAL DE MONÇÕES - VENTOS QUE MUDAM DE DIREÇÃO EM DETERMINADOS PERÍODOS DO ANO. NO VERÃO, OS VENTOS SOPRAM DO MAR PARA A TERRA LEVANDO GRANDE QUANTIDADE DE CHUVAS E TORRENCIAIS; NO INVERNO, OS VENTOS SOPRAM DA TERRA PARA O MAR, CAUSANDO SECAS. OCORRE NA CHINA, NA ÍNDIA E SUDESTE DA ÁSIA.

CLIMA EQUATORIAL – PREDOMINA NAS ÁREAS DE BAIXA LATITUDE, EM TORNO DA LINHA DO EQUADOR. INFLUENCIADO PELAS MASSAS DE AR EQUATORIAIS.

Û  É QUENTE E CHUVOSO O ANO INTEIRO;
Û  APRESENTA APENAS 2 ESTAÇÕES BEM DEFINIDAS: UMA CHUVOSA E OUTRA MENOS CHUVOSA;
Û  O ÍNDICE PLUVIOMÉTRICO ANUAL SUPERA OS 2000M E MEDIA TÉRMICA ANUAL E DE 25ºC. PEQUENA AMPLITUDE TÉRMICA

CLIMA DESÉRTICO - PREDOMINA EM ÁREAS DE TRANSIÇÃO ENTRE AS ZONAS TROPICAIS E TEMPERADAS.

Û  AS CHUVAS SÃO MUITO RARAS, POUCAS NUVENS E O AR MUITO SECO (BAIXA UMIDADE RELATIVA DO AR);
Û  AS TEMPERATURAS VARIAM DE 50ºC DURANTE O DIA A 0ºC DURANTE A NOITE;
Û  CURIOSIDADE: EXISTEM DESERTOS FRIOS: PATAGÔNIA (ARGENTINA) E GOBI (CHINA);
Û  OCORRE NO DESERTO DO SAARA E KALAHARI (ÁFRICA) E ATACAMA (CHILE).

CLIMA FRIO POLAR – PREDOMINA NAS ALTAS LATITUDES E É INFLUENCIADO PELAS MASSAS DE AR POLARES. TIPO DE CLIMA COMFRIO EXTREMO, COM TEMPERATURAS SEMPRE ABAIXO DE 0°C, COM UMIDADE DO AR MUITO ALTA EM FACE DA CONSTANTE PRESENÇA DE NEVE O ANO TODO:

Û  INVERNO LONGOS E RIGOROSO QUE DURAM ATÉ 9 MESES AO ANO;
Û  AS CHUVAS OCORREM EM FORMA DE NEVE, E NO VERÃO, O SOL NÃO SE PÕE EM ALGUNS MESES;
Û  OCORRE NOS POLOS NORTE E SUL, GROENLÂNDIA E NAS GRANDES MONTANHAS DO MUNDO.

CLIMA TEMPERADO – PREDOMINA NAS ÁREAS DE MEDIA LATITUDE. APRESENTA-SE DE TRÊS TIPOS:

1.        CLIMA TEMPERADO OCEÂNICO - PREDOMINA NAS ÁREAS LITORÂNEAS DA ZONA TEMPERADA; VERÕES AMENOS E INVERNOS CHUVOSOS, FRIO NÃO MUITO INTENSO;

2.        CLIMA TEMPERADO CONTINENTAL -  PREDOMINA NAS ÁREAS INTERIORANAS DA ZONA TEMPERADA. INVERNO RIGOROSO COM MUITA NEVE E VERÃO MUITO QUENTE E CHUVOSO.

3.        CLIMA TEMPERADO MEDITERRÂNEO - PREDOMINA NAS ÁREAS PRÓXIMAS AO MAR MEDITERRÂNEO ESTE CLIMA SITUA-SE ENTRE AS LATITUDES DE 30°.

Û  VERÃO SECO E AMENO, E INVERNO CHUVOSO. É O ÚNICO CLIMA ONDE A ESTAÇÃO FRIA ESTÁ ASSOCIADA À ESTAÇÃO DAS CHUVAS.

Û  É NO INVERNO QUE CONSEGUIMOS OBSERVAR ALGUM ÍNDICE DE PRECIPITAÇÃO, SENDO QUE NO VERÃO A PRECIPITAÇÃO É QUASE NULA.

CLIMAS DE TRANSIÇÃO

È  SEMIÁRIDO: APRESENTA POUCAS CHUVAS, SENDO MAL DISTRIBUÍDAS DURANTE O ANO. SÃO CLIMAS DE TRANSIÇÃO, ENCONTRADOS TANTO EM REGIÕES TROPICAIS COMO EM ZONAS TEMPERADAS.

È  CLIMA SUBTROPICAL: OCORRE ENTRE OS CLIMAS TROPICAIS E TEMPERADOS. APRESENTAM CHUVAS ABUNDANTES, VERÕES QUENTES E INVERNOS FRIOS. É CARACTERÍSTICO DAS MÉDIAS LATITUDES.

TIPOS DE CHUVAS (PRECIPITAÇÕES)

È  CHUVAS CONVECTIVAS AS CHUVAS CONVECTIVAS SÃO RESULTADO DA CONVECÇÃO, OU SEJA, DA SCENSÃO VERTICAL DO AR QUENTE, CARREGADO DE VAPOR D’ÁGUA, QUE CONDENSA E SE PRECIPITA.

È  CHUVAS OROGRÁFICAS AO ENCONTRAR UMA BARREIRA, O AR ÚMIDO SOBE A ENCOSTA E O VAPOR D’ÁGUA SE CONDENSA, PROVOCANDO AS CHUVAS OROGRÁFICAS. GERALMENTE A CHUVA É ELEVADA DO LADO DA VERTENTE VOLTADA PARA O OCEANO ATLÂNTICO.


È  CHUVAS FRONTAIS QUANDO UMA MASSA DE AR FRIO, MAIS DENSA, CHOCA-SE COM UMA MASSA DE AR QUENTE, O AR FRIO EMPURRA O AR QUENTE E ÚMIDO PARA AS CAMADAS MAIS ALTAS QUE, AO RESFRIAR-SE, PRECIPITA.

http://geografiadoprofessorhelio.blogspot.com.br/2016/08/resumosos-climas-do-planeta.html