IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

terça-feira, 10 de maio de 2016

Atividade física ajuda a evitar varizes

Colocar o corpo em movimento ajuda na circulação e, como consequência, evita casos como as varizes – veias dilatadas, tortuosas e com perda funcional que aparecem no sistema venoso superficial dos membros inferiores. A atividade física otimiza o retorno venoso nos membros inferiores pelo trabalho das panturrilhas e bombas plantares dos pés que impulsionam o sangue de volta para o coração.


Caminhada, ciclismo e até musculação estão na lista de atividades que ajudam a evitar os problemas com as veias.


As varizes são mais comuns depois dos 35 anos e podem se agravar com o tempo. 50% da população por volta dos 50 anos sofre com varizes. Se a idade subir para 70 anos, os casos ficam mais comuns nas mulheres – quatro mulheres e a cada homem têm o problema. A boa notícia é que os exercícios ajudam e muito a evitar tudo isso.


“A atividade física otimiza o retorno venoso nos membros inferiores pelo trabalho das panturrilhas e bombas plantares dos pés que impulsionam o sangue de volta para o coração”, explica o cirurgião vascular Caio Focássio.


“Uma caminhada na esteira, bicicleta e musculação são ideias, pois ajudam a regular o fluxo sanguíneo, aumentando o retorno venoso”, completa a educadora física Gisele Kaik.


Até musculação está liberada?
Há um mito de que a musculação não é indicada para quem tem varizes ou quer prevenir o problema. “Só piora [o quadro de varizes] em casos muito avançados de insuficiência venosa já estabelecida. Na maioria dos casos, a atividade física protege o indivíduo”, afirma Focássio.
Entretanto, o ideal é não abusar . “É de suma importância ficar atento ao excesso de carga. Troque a sobrecarga por um número maior de repetições ao executar movimentos como agachamento ou leg press. Também procure elevar as pernas no descanso. Isso auxilia o retorno do sangue para o centro do corpo”, indica a profissional de educação física.
Gisele também comenta que os exercícios que exigem que a pessoa fique parada muito tempo na mesma posição também devem ser evitados.


Qualquer um pode fazer?
Segundo o médico Caio Focássio, até quem já tem varizes, se não for em um grau avançado, pode praticar os exercícios indicados. Já Gisele recomenda, para quem for sedentário, começar por uma caminhada leve. “O importante para o tratamento [das varizes] é a pessoa se mantenha em movimento”, completa a professora.


As melhores atividades:
Focássio detalha os melhores exercícios contra as varizes:


1. Caminhada: aposte em uma caminhada até o trabalho ou reserve pelo menos 30 minutos para isso todos os dias.


2. Ciclismo: pedalar ativa a circulação das pernas ajudando a função dos vasos sanguíneos.


3. Hidroginástica: o contato com a água exige ainda harmonização de movimentos da musculatura e ajuda a funcionalidade da circulação.


4. Musculação: prefira as repetições nos exercícios ao excesso de carga. Dessa maneira é possível ativar a panturrilha e estimular o retorno venoso.


5. Pilates: a prática é focada no tônus e fortalecimento da musculatura e promove a oxigenação do sangue, relaxamento e alívio das dores crônicas, entre outras vantagens para quem tem predisposição a ter varizes.