IMPOSTÔMETRO:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER --

ANÚNCIO:

ANÚNCIO:

terça-feira, 30 de agosto de 2016

POEMA -- Amálgama brasileira -- Pátria

Amálgama brasileira

Pátria


O nosso lindo país
É um mar de novidades
Até no som do vento
Temos afabilidade
Deleites em toda parte
Chocolate e caramelo
Ele é todo embelezado
Uma cor verde e amarelo
Nossa raça brasileira
Sabe amar, sabe viver.
Sabe ser feliz
Apreciar e filosofar
Nosso sol
Tem raios vívidos
Nosso povo
É um povo híbrido
Uma cultura variada
Uma gente mestiçada
Aglutinando várias raças
Unificando as maneiras
Decorando a multicor
Da amálgama brasileira.

Tem o branco, tem o negro,
Tem o índio e o mulato
Tem a praia e a balada,
O cowboy e o pacato,
O doutor e o agricultor,
O ator e o professor,
A arte e o Sport,
O poeta e o artesão,
Essa amálgama rutilante
Que atrai nossa atenção.


Edinaldo Reis SilvaSanta Luzia, MA